Corpos Outros

Porque somos todos pedaços alheios.

Tchau. Até.

Começou como um sentimento que cresceu. E se tornou uma esperança que se transformou num pensamento silencioso. Que se transformou numa palavra silenciosa. E então essa palavra cresceu mais e mais alto, até ser um grito de guerra. Eu voltarei, quando você me chamar. Você voltará, quando acabar. Não precisa dizer adeus..

Anúncios

Uma resposta para “Tchau. Até.

  1. Ketlin julho 15, 2011 às 1:42 pm

    Todas as frases que tu posta, tudo o que tu escreve por mais melancólico que algumas pessoas acreditem que seja, se encaixa perfeitamente na vida dos que ainda acreditam que um sentimento pode ser um conto de fadas e ter um final feliz.

    Te admiro, Débora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Fluescência

Porque somos todos pedaços alheios.

Fierce People

Porque somos todos pedaços alheios.

Pensar Longe

Porque somos todos pedaços alheios.

palavrasespalhadas

Just another WordPress.com site

Aqui dentro de mim

Porque somos todos pedaços alheios.

Lembranças Inconscientes

Porque somos todos pedaços alheios.

%d blogueiros gostam disto: