Corpos Outros

Porque somos todos pedaços alheios.

Depois do fim

Enquanto você não está, o vento segue uivando, as árvores continuam a balançar e ela pode até vir a conhecer alguém que, em princípio, é bem mais interessante que você e isso vai certamente te entristecer um bocado. Por isso é que eu digo que às vezes é bom você relaxar a soltar esse guidão que te prende a um ridículo cavalo de fibra de carbono. Deixe a força centrífuga agir sobre você, lhe alçando em vôo desordenado pra fora dessa roda. Na maioria dos casos, há um lado positivo em se ver esborrachado no chão, colhendo dentes que caíram da sua boca. É positivo porque somente assim você vai ser parte daquilo que sempre via como um enorme borrão e entortava o pescoço pra entender o que era: o mundo. E você vai ser parte desse mundo, não mais mero espectador de câmeras de vigilância. Você vai, inclusive, ver que ela continua presa ao carrossel e que o cara que ela conheceu lá é, de fato, um tremendo boçal, segurando-se todo medroso naquele cavalo. Ela acha que tem as rédeas da própria vida sem perceber que está encilhada desde que nasceu, e apanhando, de relho. E você, sujo e sem dentes, vai rir muito disso tudo daqui a pouco, pode acreditar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Fluescência

Porque somos todos pedaços alheios.

Fierce People

Porque somos todos pedaços alheios.

Pensar Longe

Porque somos todos pedaços alheios.

palavrasespalhadas

Just another WordPress.com site

Aqui dentro de mim

Porque somos todos pedaços alheios.

Lembranças Inconscientes

Porque somos todos pedaços alheios.

%d blogueiros gostam disto: