Corpos Outros

Porque somos todos pedaços alheios.

Arquivos Mensais: abril 2012

Até quase ligo

.

A vida me parece bela e mágica, mas morro de saudade de você.

Anúncios

A conta gotas

.

Você tem alguma receita pra gente mudar de vida? E pra tomar decisões? E para mudar de personalidade? E para flagrar-se? E para pagar o karma em suaves prestações? E pra desorientação aguda, você tem? Se tiver, me passa que eu preciso.

Ontem

Feliz aniversário, hoje fez tempos. Segui adiante, vendi suas fotos pra comprar cigarro. Mas não me julgue, afinal você sempre sustentou meus vícios. Aprendi a lidar com as coisas que você deixou pra cuidar, enfim as perguntas se tornaram respostas. Fiquei sabendo que tentou me visitar. Não me mudei, só desisti de esperar alguém bater na porta. Talvez um dia a gente se encontra e você passe lá em casa pra regar as plantas, porque até as flores tão com saudades tuas. Não esquece, você me deve, oito horas de sono.

Guilherme Mello – http://lembrancasinconscientes.blogspot.com.br/

Vazio

A verdade é que não me sinto capaz de nada. Não é fossa. Fossa dá idéia de uma coisa subjetiva e narcisista. São motivos bem concretos, que inclusive transcendem o plano pessoal. E tudo tão insolúvel que a gente só pode fugir, porque ficar não adianta nada. A minha maneira de fugir, tu sabes, é dormindo. Andei dormindo até quinze horas por dia, durante quase duas semanas. Nos contatos que tenho com gente da minha geração, ou de outras, mas unidos pela mesma lucidez, percebo de maneira intensa a mesma sensação de abandono e de inutilidade. Sobretudo de impotência.

A falta é outra

O vinho mais caro não serve pra nada quando a sede é de água.

Fluescência

Porque somos todos pedaços alheios.

Fierce People

Porque somos todos pedaços alheios.

Pensar Longe

Porque somos todos pedaços alheios.

palavrasespalhadas

Just another WordPress.com site

Aqui dentro de mim

Porque somos todos pedaços alheios.

Lembranças Inconscientes

Porque somos todos pedaços alheios.