Corpos Outros

Porque somos todos pedaços alheios.

Arquivos da Categoria: Mario Quintana

Ilusão

Que esta minha paz e este meu amado silêncio não iludam a ninguém. Não é a paz de uma cidade bombardeada e deserta. Nem tampouco a paz compulsória dos cemitérios. Acho-me relativamente feliz. Porque nada de exterior me acontece… Mas, em mim, na minha alma, pressinto que vou ter um terremoto!
Anúncios

Necessidade

 

“Todos têm seu encanto:
Os santos e os corruptos.
Não há coisa, na vida, inteiramente má.
Tu dizes que a verdade produz frutos…
Já viste as flores que a mentira dá?

 

 

Mario Quintana

Fluescência

Porque somos todos pedaços alheios.

Fierce People

Porque somos todos pedaços alheios.

Pensar Longe

Porque somos todos pedaços alheios.

palavrasespalhadas

Just another WordPress.com site

Aqui dentro de mim

Porque somos todos pedaços alheios.

Lembranças Inconscientes

Porque somos todos pedaços alheios.