Corpos Outros

Porque somos todos pedaços alheios.

Arquivos de tags: In blogs

Abrir a geladeira pra pensar

 

Ultimamente tenho aberto a geladeira para pensar . É estranho eu sei, você vai dizer que não faz o menor sentido. Mas anda tudo assim um tanto quanto complicado demais para o meu gosto, que parece que quando eu abro a geladeira e sinto aquele friozinho os pensamentos esfriam também. Não tem sido nada fácil. Parece que quanto mais eu quero não pensar nas coisas mais vontade de abrir a geladeira me dá. É assim, acontece no meio da noite, no meio do filme na TV, antes de ler um livro, durante a leitura do livro, não tem hora certa. Nem lugar. É complicado, imagine você com vontade de abrir a geladeira na casa dos seus amigos enquanto todos conversam sobre a ultima sexta -feira? Você pede licença, vai até a cozinha do seu amigo e abre a geladeira. E fica lá, parada, com os olhos na caixinha de leite desnatado. Mas é assim mesmo. Simplesmente acontece. Uma necessidade de abrir a geladeira e esfriar você. Eu disse você? Não não , eu quis dizer os pensamentos. Talvez você pense que isso é só uma metáfora, essa coisa de abrir a geladeira, mas não é, isso acontece. As vezes tomo um gole d’agua, assim no gargalo mesmo, acho que para ajudar a engolir sabe? Eu sei , você sempre sabe, você sempre entende, não é? Queria poder ser assim, igual você, entender tudo e continuar seguindo, sem ter que usar geladeiras para pensar.

 

Mariana Kralco

Veja só que coisa

 

“me bateu uma vontade insuportável de te abraçar e poder te desejar todas as coisas boas que você merece, e até mesmo as que você nem merece.”

 

Maria Rita

Eu não poderia.

 

“Nunca desista de algo que você não pode passar um dia sem pensar.”

.

Unknown

Não pense que vai dar errado. O que pode dar errado já aconteceu antes.

 

“Danço sob uma chuva quente de primavera e não tenho relógio no pulso, para não sentir o tempo passar por mim. Vem você também, deixe o ritmo dessas gotas molhadas tocar seu corpo. Esqueça esse roteiro que te promete uma vida sem defeitos. Olhe no brilho profundo dos meus olhos e tente ver minha felicidade. Tente sentir comigo esse momento bom. Dê-me sua mão, ainda temos tempo. Está fora de moda resistir a tanto, escute a minha voz e deixe-me ensinar você a dançar e esquecer o mundo. Foge comigo agora.”

 

graf-fite.blogspot 

Título: Carpinejar

Anestesia

 

Se um ogro xingar alguém na rua, e todos olharem com reprovação, beleza, estamos caminhando para que os ogros sejam eliminados pela seleção natural; mas quando o ogro ganha torcida e coro de “força e honra”, aí meus amigos, fujam para as colinas, porque os eliminados pela seleção natural somos nós.”

 

Patrícia C.

Tanta cor, tanto sabor.

 

Sei que nada está tão fácil e fica cada dia mais complicado acreditar. Por isso mesmo sinto que existe uma obrigação de gratidão, de viver bem. Não pense ser um romantismo tão tolo assim, é somente o que escolho ressaltar. É mais escolha que estado. Há sempre coisas ruins e coisas bonitas. Prefiro me prender ao que é belo e tão raro e tão simples. Aos que destilam amargura, nada a dizer. Esperança me atrai mais. Se piegas, peço licença, sempre fui. Conjugo o verbo sempreamar e tenho provas literalmente vivas de que gentileza existe e até doçura, por mais incrível que pareça. Tenho um pouco de dó dos que se julgam sábios por serem frios e espertos por serem falsos. Tenho preguiça de gente assim. E a vida é tão frágil… Não há tempo a perder com quem não sabe brincar de verdade. Toda a melancolia sempre presente acerta o passo na cadência da esperança. E se nada adiantar, eu procuro um espelho e abro um sorriso, assim ele volta para mim. O coração aberto e em paz continua repetindo o mantra:

que seja doce, que seja doce, que seja doce

 

E agora Maria?

Téotro dia

 

A primeira ofereceu uma atenção bonita e cor-de-rosa, de quem oferecia-se ao sol. O segundo ofereceu companhia. Companhia completa. E foram felizes por 20 minutos. O terceiro ofereceu um sorriso gigante, eterno em poucos instantes. Mas a última… Bem, a última ofereceu mais que isso, nos tropeços de palavras, na certeza de meiguice: ‘foi um prazer. Bom, então… Então até algum dia. Quem sabe, quem sabe a gente ainda se encontra algum dia, em algum lugar’, disse oferecendo esperança. Uma esperança quase de um milagre, que enxergou uma chance no inteiramente improvável dos dias. Ela olhou profundamente aqueles olhos de menina-promessa-amiga-esperança e guardou aquele perfume. Depois foi embora. Mas não mais sozinha. Foi carregando esperança então, até algum dia.”

 

E agora, Maria?

Alguns casos. Boa parte deles.

 

Não pense que o amor verdadeiro será aquele que passa a mão na sua cabeça e acha lindo tudo o que você faz por aceitar a missão indigna e injusta de te amar como você é. Não creia que em uma relação em que tudo é aparentemente perfeito reina o amor incondicional e a harmonia. Aposto mais em: a) falsidade conformista, b) estar com alguém por interesse, ou, no que é ainda um pouco mais triste, c) alguém egoísta se relacionando com alguém frustrado.

É isso o que você quer?”

 

Ruleandson do Carmo

Busca

 

E aí fico o dia todo caçando alguma coisa que me faça lembrar que o dia valeu a pena e que posso ir pra casa um pouco mas ampla, com as janelas mais abertas e os erros perdoados para voltar a cometer.”

 

Catarina Bogéa

Nada maior

 

Quando se diz TE AMO é como se disséssemos ‘olha, isso é o máximo que eu consigo dizer’.  “

 

Valentino Leo

Fluescência

Porque somos todos pedaços alheios.

Fierce People

Porque somos todos pedaços alheios.

Pensar Longe

Porque somos todos pedaços alheios.

palavrasespalhadas

Just another WordPress.com site

Aqui dentro de mim

Porque somos todos pedaços alheios.

Lembranças Inconscientes

Porque somos todos pedaços alheios.